top of page
Buscar
  • Foto do escritorJosé Padilha

Valor de exportações de Cachaça em 2022 bate recorde dos últimos doze anos

O setor apresentou um crescimento de mais de 54% em valor e 30% em volume nas exportações do produto, em comparativo a 2021



As exportações de Cachaça em 2022 apresentam um setor em plena retomada, pelo menos no mercado externo. Um levantamento realizado de janeiro a novembro deste ano, mostra que a exportação apresentou crescimento de 54,74% em valor (US$ 18,47 milhões), e 30,38% em volume (8,6 milhões de litros), no comparativo com o mesmo período de 2021. Os dados são do Comex Stat (Ministério da Economia), compilados pelo Instituto Brasileiro da Cachaça (IBRAC), entidade representativa do setor.

Este período [janeiro a novembro de 2022] representa US$ 18,47 milhões em valor exportado. Esse é o maior valor exportado dos últimos 12 anos e é, inclusive, um valor de exportação bem superior ao período pré-pandemia, quando foi registrado US$ 14,60 milhões em valor de exportação, no fechamento de 2019”, destaca Carlos Lima, diretor executivo do IBRAC.


Para dar impulso à retomada, Lima salienta um conjunto de iniciativas realizadas pelo IBRAC, em parceria com entidades comprometidas com o setor, direcionadas à valorização e ao reconhecimento da Cachaça no mercado internacional, a exemplo do Projeto Setorial de Promoção às Exportações de Cachaça - Cachaça: Taste The New, Taste Brasil, desenvolvido pelo IBRAC, em parceria com Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos - Apex-Brasil.


Os números deste ano precisam ser comemorados e esperamos que no mercado interno também possamos comemorar ”, enfatiza Lima.


Hoje, segundo o Anuário da Cachaça (dados de 2021), o número de registros de Cachaças (produtos) no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA, é de 4.969 produtos, e o número de estabelecimentos produtores de Cachaça registrados no Ministério é de 936 estabelecimentos.

Sobre o IBRAC


O Instituto Brasileiro da Cachaça (IBRAC) é a entidade representativa do segmento produtivo da Cachaça. Com abrangência nacional possui entre os seus associados as principais empresas (micro, pequenas, médias e grandes) do segmento produtivo da Cachaça de vários estados brasileiros, que correspondem a mais de 80% do volume de Cachaça comercializado formalmente no Brasil. No Instituto também estão presentes 13 entidades de classe (estaduais/regionais/nacionais) do segmento produtivo. Com essa composição o IBRAC é a mais ampla representação de uma categoria de bebidas no Brasil.


Entre suas atuações estão a realização de ações de defesa de interesses do setor produtivo no Brasil e no exterior, ações relacionadas ao consumo responsável de bebidas alcoólicas, o desenvolvimento econômico e sustentável do setor, o combate ao mercado ilegal de bebidas e à concorrência desleal, além da promoção, proteção e defesa da denominação “Cachaça” e da sua indicação geográfica, em âmbito nacional e internacional.


Fonte: UpperPr


3 visualizações0 comentário

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page