top of page
Buscar
  • Foto do escritorJosé Padilha

Feng Shui: onde posicionar garrafas de vinhos em casa?

Dicas para escolher o ambiente ideal para seus rótulos preferidos, seguindo os princípios da técnica milenar e as recomendações da especialista Cibele Siqueira



A maior premissa do Feng Shui, a técnica milenar utilizada para trazer mais harmonia e bem-estar à vida das pessoas, é trazer um direcionamento e práticas para transformar a energia de determinado local.


Nesse contexto, é comum as pessoas terem dúvidas de onde armazenar os vinhos em uma residência para que boas energias fluam, mas respeitando o armazenamento correto das garrafas que requer cuidados, como evitar expô-las a altas temperaturas, mantê-las em local ventilado para que repousem sem muito manuseio.

Para pensar onde colocar uma adega de vinhos é necessário levar em consideração os pontos cardeais e colaterais como Norte, Sul, Leste, Oeste, Nordeste, Noroeste, Sudeste e Sudoeste. Para ajudar, você pode usar uma bússola. O ponto Noroeste simboliza a ajuda, os amigos, parcerias e novos começos. Por isso, neste ponto em especial é o ideal para colocar uma adega de vinhos, e objetos que representem viagens e também aproximação de amigos. O maior papel do vinho com certeza é este, aproximar as pessoas através da paixão por esta bebida.

Claro que o Feng Shui tem muitas regras e práticas, mas quem as segue à risca diz que o impacto é real. Essa sabedoria chinesa desde os tempos antigos sobre como alcançar um equilíbrio estético de elementos naturais como água, terra, fogo, madeira e metal para o bem-estar. Por outro lado, embora as diretrizes do feng shui sejam mais observadas em lares, o cenário mudou e hoje em dia existem muitas empresas e inclusive renomadas vinícolas que aplicam essa sabedoria milenar na produção de vinhos.

“Há um punhado de vinícolas em todo o mundo que adotaram o feng shui, incorporando-o ao projeto arquitetônico das vinícolas. Na vinícola Caiarossa, por exemplo, que está situada na costa toscana da Itália, o arquiteto Michael Bolle aplicou os conceitos geobiológicos e a filosofia feng shui na construção da vinícola. As janelas são especialmente projetadas para deixar entrar luz solar abundante, sem aquecimento excessivo ou variações extremas de temperatura, mas refletindo o princípio do feng shui de compensar o negativismo em espaços fechados com luz natural”, comenta Cibele Siqueira, sommelière da Wine, maior clube de assinatura de vinhos do mundo e líder no ranking de importação.

A Viña Montes foi mais a fundo: contratou a especialista chilena em feng shui Silvia Galleguillos para projetar e construir a vinícola de acordo com os 5 elementos essenciais: água, ar, metal, madeira e terra para obter um equilíbrio na propriedade. Além disso, a música gregoriana é tocada 24 horas por dia para criar um ambiente tranquilo e sereno para os vinhos, bem como para os funcionários. “O vinho tem o propósito de trazer boas energias para as pessoas por meio de momentos de relaxamento e conversas descontraídas com amigos e familiares, porém isso só ocorrerá se o ambiente contribuir para que seja assim e é aí que o Feng Shui entra em cena como um excelente aliado”, conclui Cibele.

Fonte: Hercog Comunicação e Estratégia



6 visualizações0 comentário
Post: Blog2_Post
bottom of page