top of page
Buscar
  • Foto do escritorJosé Padilha

Black Princess, Brassaria Ampolis e Weltenburger levam mais de 20 rótulos para o Mondial De La Bière

Durante os cinco dias de festival, o público conhecerá em primeira mão dois rótulos novos, além dos clássicos consagrados das marcas especiais do Grupo Petrópolis


O Grupo Petrópolis participa da próxima edição do Mondial de la Bière, que acontece entre os dias 7 e 11 de dezembro, na Marina da Glória, no Rio de Janeiro. Com três marcas de cervejas especiais – Black Princess, Brassaria Ampolis e Weltenburguer -, serão 21 rótulos, entre fixos e sazonais, que estarão à venda no evento. O Grupo estima levar quase nove mil litros de chope, produzidos no Centro Cervejeiro da Serra, em Teresópolis (RJ). Além disso, o Saber Beber, projeto de consumo responsável do Grupo Petrópolis, também estará presente com uma cota de apoio neste festejo e será o responsável pela distribuição das águas.

A grande novidade este ano serão duas receitas que poderão ser provadas em primeira mão no festival: a Asam Bock, da marca Weltenburger Kloster, rótulo comercializado na Alemanha e produzido pela primeira vez no Brasil. Trata-se de uma cerveja forte, de cor escura, do estilo Doppelbock, com aroma de malte, doce, agradavelmente pesada, fragrância intensa e forte no paladar. E o outro lançamento será a Cream Stout, da Brassaria Ampolis, de um estilo derivado das porters, com aroma que remete a café, pão tostado e chocolate. Tem cor escura devido a utilização de cevada e malte tostado, além de gosto marcante, corpo médio, amargor baixo, final suave e retrogosto intenso.


A cerveja Black Princess, marca responsável pelo palco principal do evento, levará para o Mondial todo o seu portfólio de rótulos fixos, que são um sucesso em todas as edições: Black Princess Gold, Black Princess Dark, Black Princess Doctor Weiss, Black Princess Let’s Hop, Black Princess Miss Blonde, Black Princess Back to the Red, Black Princess Tião Bock e Black Princess APA-82. As sazonais Black Princess Female, uma Strong Golden Ale feita só por mulheres da brassagem ao envase, e Black Princess Braza Hops, German Pilsner elaborada com o lúpulo produzido pelo Grupo na serra Fluminense, também poderão ser degustadas nesta edição.


Já a Brassaria Ampolis marcará presença com a sazonal Chilli Peppis, do estilo Chili Pepper Beer, que leva um toque de pimenta dedo-de-moça e tem um “quê” irresistível de picância, percebido pelo olfato e na boca. Tem corpo, amargor, refrescância e ardência equilibrados, gerando uma harmonia perfeita. Possui graduação alcoólica de 4,8% e 9 de IBU. A Ampolis ainda levará as consagradas cervejas do seu portfólio fixo: Cacildis (American Lager), Forevis (Session IPA) Biritis (Vienna Lager) e Ditriguis (Witbier).


A Weltenburger é a cerveja de mosteiro mais antiga do mundo. Sua qualidade superior e sabor único são mantidos há mais de 960 anos, seguindo a mesma receita tradicional criada por monges medievais na Alemanha. Fora da país de origem, o Grupo Petrópolis é a única empresa a produzir as cervejas da marca. Para o Mondial, serão apresentados os rótulos: Anno 1050 (Marzen), Urtyp Hell (Munich Helles), Barock Dunkel (Munich Dunkel) e Hefe Weiss (Weizenbier Dunkel).


Somos parceiros antigos do Mondial de la Bière e acreditamos no protagonismo do evento no país para lançar tendências no mercado cervejeiro, promover o intercâmbio de conhecimento entre profissionais e amadores e testar as nossas mais novas receitas com um público altamente qualificado. Temos certeza de que será um sucesso!”, comenta Danielle Bibas, Vice-Presidente de Marketing do Grupo Petrópolis.


Neste ano, o festival também amplia seu espaço para a gastronomia, mixologia e música, transformando-se em um verdadeiro programa de entretenimento para todos os públicos. Os ingressos estão à venda pelo site, com exceção do sábado (09/11), que já esgotou.

Os visitantes poderão degustar pequenas amostras dos rótulos nos estandes e comprar as cervejas no local. Além disso, o mestre-cervejeiro do Grupo, Rudiger Görtz, e mais um time de três sommeliers estarão nos estandes das marcas para guiar e garantir todo o suporte durante as degustações do público.


Black Princess, Brassaria Ampolis e Weltenburger no 12 º Mondial de la Bière

Data: 7 a 11 de dezembro

Local: Marina da Glória - Av. Infante Dom Henrique, s/nº, Glória, Rio de Janeiro

Horário:

Quarta-feira - 16h às 23h

Quinta-feira - 16h às 23h

Sexta-feira - 14h às 00h

Sábado - 14h às 00h (Ingressos esgotados)

Domingo - 13h às 22h

Preços: A partir de R$ 60,00

SOBRE A BRASSARIA AMPOLIS - Fundada em 2013 por Sandro Gomes e Diogo Mello, a cervejaria é uma homenagem ao saudoso humorista Mussum e conta com quatro rótulos fixos: Cacildis, Biritis, Ditriguis e Forévis. Desde 2017, a marca faz parte do portfólio do Grupo Petrópolis. "Brassagem" é o nome do processo para se fazer uma cerveja. “Brassaria” é uma forma, em português, de se traduzir os termos estrangeiros "Brasserie" ou "Brewery", que se referem à brassagem. Já “Ampolis” deriva da palavra “ampola”, expressão usada por Mussum para se referir às garrafas de cerveja, trazendo a linguagem característica com “is” ao final das palavras. Saiba mais sobre essas cervejas em www.brassariaampolis.com.br e @cervejacacildis

SOBRE A BLACK PRINCESS - Produzida em uma fábrica localizada na cidade de Teresópolis, a Black Princess surgiu em 1882 e desde então vem conquistando os mais exigentes apreciadores de cerveja. A cerveja era considerada a preferida da nobreza brasileira nos tempos do Império. Hoje conta com oito rótulos: Black Princess Gold, Black Princess Dark, Black Princess Doctor Weiss, Black Princess Let’s Hop, Black Princess Miss Blonde, Black Princess Back to the Red, Black Princess Tião Bock e Black Princess APA-82. A Black Princess é parceira do Saber Beber, programa que incentiva o consumo consciente de álcool, reforçando que o ato de beber não é um problema, desde que seja feito de forma consciente e responsável. Saiba mais sobre a cerveja em www.cervejablackprincess.com.br e @cervejablackprincess


SOBRE A WELTENBURGER KLOSTER - É a cerveja de mosteiro mais antiga do mundo. Sua qualidade superior e sabor único são mantidos há mais de 960 anos, seguindo a mesma receita tradicional criada por monges medievais na Alemanha. Fora da Alemanha, o Grupo Petrópolis é empresa a produzir a marca. A família Weltenburger é composta por Barock Dunkel, Anno 1050, Urtyp Hell e Hefe-Weissbier. Saiba mais sobre a cerveja em www.weltenburger.com.br

SOBRE O SABER BEBER - Lançado oficialmente em 2017, o Saber Beber (@saberbeber) é a plataforma de comunicação do Grupo Petrópolis para falar sobre os benefícios que envolvem o consumo consciente de bebidas alcoólicas. Englobando todo o mercado de bebidas alcoólicas, o Programa Saber Beber desenvolve atividades por todo o país, seja com ações em eventos ou a comunicação com públicos específicos. Saiba mais em: www.saberbeber.com.br e @saberbeber no Instagram e Facebook. 

SOBRE O GRUPO PETRÓPOLIS - O Grupo Petrópolis é a única grande empresa do setor cervejeiro com capital 100% nacional. Produz as marcas de cerveja Itaipava, Cabaré, Petra, Crystal, Lokal, Black Princess, Weltenburger, Brassaria Ampolis com os rótulos Cacildis, Biritis, Ditriguis e Forévis, as vodkas Blue Spirit Ice e Nordka, a Cabaré Ice, os energéticos TNT Energy Drink e Magneto, o refrigerante It!, o isotônico TNT Sports Drink, a água Petra e a água tônica Petra. Com oito fábricas em operação, o Grupo é responsável pela geração de aproximadamente 24 mil empregos diretos. Por meio dos projetos ambientais, promove o plantio e manutenção de milhares de árvores, além de ações de sustentabilidade e programa de educação ambiental para escolas municipais. Conta também com o Saber Beber, programa comprometido em orientar as pessoas sobre os benefícios do consumo moderado e as consequências do consumo exagerado de álcool. Saiba mais em: www.grupopetropolis.com.br e @grupo.petropolis nas redes sociais.


Fonte: Agência Vento Sul

7 visualizações0 comentário
Post: Blog2_Post
bottom of page